Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2013

Imóvel de alto padrão volta a seduzir construtoras

Imagem
Passada a fase de grandes investimentos ligados ao programa Minha Casa, Minha Vida, que fez muitas empresas apostarem forte em imóveis para a baixa renda, o segmento de alto padrão está voltando a seduzir construtoras e incorporadoras de peso, além de novas entrantes no mercado. De um lado, as empresas demonstram otimismo com o aumento da renda média dos brasileiros. De outro, readéquam estratégias após lidarem com grandes estoques de imóveis para vender no segmento de baixa renda, frutos do cancelamento de contratos. Os lançamentos dos imóveis de alto padrão - que chegam a superar 10 mil reais por metro quadrado em alguns municípios - se concentram nas duas maiores cidades do País, onde a disputa por espaços é cada vez mais acirrada em bairros como Ipanema e Leblon, no Rio, e Moema, Jardins e Pinheiros, em São Paulo. A demanda por empreendimento de alto padrão ainda tem muito a crescer, devido ao visível aumento da renda no Brasil e ao crescimento desta fatia da populaç

O que é Porto Seco?

A EADI - Estação Aduaneira de Interior -, também conhecida como “PORTO SECO” foi criada nos anos 90 pela Secretaria da Receita Federal com o objetivo de aliviar o fluxo de mercadorias nos portos, aeroportos e pontos de fronteira em todo o país, oferecendo agilidade na liberação das mercadorias uma vez que os procedimentos aduaneiros são executados próximos ao estabelecimento dos importadores/exportadores. É um recinto alfandegado1 privado, de uso público, situado em zona secundária2 e voltado para facilitar o comércio em regiões distantes dos portos, aeroportos ou pontos de fronteira que apresentam expressiva concentração de cargas importadas ou a exportar. Ou seja, os portos secos são os locais fora das áreas de armazenagem de portos e aeroportos em que é possível o armazenamento, por um certo período, de mercadorias estrangeiras importadas antes de sua nacionalização, ou de mercadorias desnacionalizadas antes de sua definitiva exportação. Além disso, as mercadorias recebidas em

Loteamentos e a Paisagem urbana

O planejamento urbano não acompanhou o crescimento populacional e a expansão urbana se faz de forma caótica e desordenada. Os projetos de parcelamentos e a ocupação de áreas com condições físicas e ambientais pouco favoráveis implicam em custos adicionais aos loteadores e aumento de custos na infra- estrutura e serviços públicos dos municípios. Projetos executados sem o devido cuidado e a implantação dos loteamentos mal planejados tem como consequência a multiplicação das áreas degradadas na periferia dos centros urbanos. Neste artigo procuro abordar uma melhor atitude e atenção dos projetistas e loteadores no projeto e na implantação de loteamentos. Parâmetros básicos para projeto de Loteamento: 1-       Análise do Plano Diretor e da Legislação Ambiental 2-       Topografia, rios, nascentes e vegetação do local 3-       Viabilidade de obtenção de Água, Esgoto, Eletricidade, Telefone, Lixo 4-       Proximidade de Escolas, Hospitais e Comércio e Lazer 5-       Acess